#Gastromalucos Pizza Mia

Gastromalucos

Gastromalucos na Pizza Mia

Antes de mais nada, preciso aqui deixar consignado a quantidade de locais maravilhosos e pessoas especiais que o #Gastromalucos tem me proporcionado. Sejam aqueles que integram o grupo desde o início ou puderam comparecer apenas algumas vezes, sejam as novas gastronomias que ampliaram meu conhecimento, já que conhecidas apenas por fazer parte desse grupo tão sensacional. Mas não é justo eu guardar somente para mim esses momentos e essas novas descobertas. Por isso, hoje vou falar de um lugar que é um verdadeiro achado na ilha (da magia, pois são coisas assim que a tornam digna dessa característica): a Pizza Mia, da queridíssima Araceli Ines Schmitt. Antes do local, contudo, preciso falar de sua idealizadora, que carinhosamente chamo aqui de Ara e acredito que assim me permita.

Pizza Mia

Ara cortando uma das pizzas preparadas para os gastromalucos

Conheci a Ara em um dos Gnoche da Fortuna realizados pelo Bistrô D’Acampora, quando os queridos Duda e Bruno fizeram-me o favor de colocar-nos na mesma mesa. Chegada há poucos dias da Inglaterra, onde passou um período apreciando a culinária local e procurando por pizzas de qualidade (e disse-me haver várias), desconhecia naquele momento minha profissão e meu hobby. Eis que, em determinado momento, com absoluto desconhecimento de que falava do meu blog (este blog), referiu-se a um de meus posts e criticou veementemente minha referência ao Veja Comer e Beber, já que em sua opinião – a qual compartilho – os locais ali constantes não são, necessariamente, os melhores ou dignos dos prêmios recebidos, principalmente por conta do método como elaborado seu ranking e que, no caso, o Chef merecia mais do que uma simples alusão aos prêmios recebidos daquela revista.

Ara servindo aos gastromalucos sua pizza de cebola confitada

Ara servindo aos gastromalucos sua pizza de cebola confitada

Creio que essa foi a única oportunidade em que ouvi com extrema sinceridade um crítica sobre o meu blog e isso é coisa tão rara que é impossível não se apaixonar por alguém assim, ainda que o tenho feito antes de saber que falava do texto para sua autora. O modo como manteve seus argumentos mesmo após saber é que me mostrou como é convicta em suas opiniões e não precisa escondê-las para agradar ninguém. Ademais, saber que meus textos chegam a pessoas como ela é que fazem esse meu hobby, sem fins econômicos, valer a pena. Trocadas, então, algumas figurinhas sobre comida, fez-me ela um convite deveras provocativo: provar a melhor pizza de Florianópolis. E assim o fez após saber o quão chata sou com essa iguaria.

Pizza MiaMuito embora as expectativas já tenham me traído, nesse caso o mesmo não ocorreu, ainda que eu estivesse já salivando apenas com a ideia das pizzas que a Ara disse-me servir em sua Pizza Mia. O local, hoje no terreno de sua casa e extremamente charmoso, já foi uma famosa pizzaria no Centro da cidade e deixou muitos órfãos quando fechadas suas portas. Ainda que se possa encontrar em Floripa pizzas similares, a mistura de fina espessura, crocância e ingredientes muito bem selecionadas a torna praticamente única e digna de inúmeros suspiros de todos que a provam.

Pizza MiaQuando lá chegamos, fomos recepcionados com uma entrada que já prenunciava a extrema qualidade da noite: crostini absolutamente sensacional, acompanhado de pasta de pimentão e uma berinjela assada, finamente cortada e depois mantida em azeite com pimenta. Todos foram enfáticos que poderiam passar a noite comendo apenas isso.

Pizza MiaMas foi quando a primeira pizza chegou que eu conclui que a proposta da Ara, quando me convidou para conhecer seu dom, não tinha nada de arrogância ou prepotência. Desculpem-me os fãs de massa pan ou adoradores de pizzas molengas, com ingredientes que mais parecem ter saído de uma programa de culinária matinal (como estrogonofe ou algo do gênero), mas Pizza de verdade, com P maiúsculo e efetivamente a melhor que já comi, é a da Ara.

Pizza MiaEntre os sabores servidos naquele dia estão: cebola confitada, erva doce com pimenta (mesmo não sendo fã da erva doce, essa foi uma das minhas preferidas), rúcula com grana padano e azeitona, alho poró com semente de abóbora, calabresa, maçã com queijo brie, pesto com mussarela de búfala e nozes. Havia algumas outras, mas eu estava tão empolgada em comer que não pensei em anotar os ingredientes ou fotografar.

Ara servindo aos gastromalucos sua pizza de pesto, mussarela de búfala e nozes

Ara servindo aos gastromalucos sua pizza de pesto, mussarela de búfala e nozes

O Pizza Mia está voltando ao público em geral aos poucos. O intuito da Ara é continuar fazendo o que ela tanto ama e prepara com maestria: pizzas saborosíssimas. O intuito é abrir apenas para reservas de grupos – no máximo de 20 pessoas, pois o local é pequeno – e em datas variadas, ou seja, sem frequência estanque, quando fechado um número razoável e quando ela está inspirada a fazê-las. O preço das pizzas é absolutamente atrativo, igualando-se ao das principais pizzarias da ilha.

Vida longa ao projeto, até porque ainda quero comer muitas pizzas feitas pela Ara.

.

Pizza Mia (Araceli Ines Schmitt)

Rua Durval Pires da Cunha, 322 (rua ao lado do Mercado Sambaqui), Sambaqui, Florianópolis/SC
Somente mediante reservas
Aceita apenas dinheiro
Possui espaço para estacionamento
Anúncios

4 thoughts on “#Gastromalucos Pizza Mia

  1. Pingback: Inauguração da Pizza Mia Al Mare | Não vá se perder por aí

  2. Pingback: Tamashii Sushi Lounge | Não vá se perder por aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s