ToroYam: sushi de qualidade, mas atendimento falho

ToroYam_03Há alguns meses abriu uma nova casa de sushi em Florianópolis, o ToroYam, quase ao lado do Shopping Beira-Mar, na Avenida Mauro Ramos. O local, bastante amplo e com decoração muito diversa das comumentes encontradas em restaurantes do gênero, aponta seu clima de balada já em sua fachada, com uma ampla fotografia de bebida. Já havia ouvido falar do local, que teve uma ótima inauguração. Era, então, o momento de conhecê-lo.

ToroYam_12Muito embora o buffet de sushi e sashimis estivesse em promoção (36 dilmas mulher e 46 dilmas homem), a enorme variedade de pratos no sistema a la carte mostrou-se muito mais atrativa. Com vieiras, foie gras e aspargos entre os ingredientes, o buffet, que não deixava de estar bonito, perdeu muitos pontos.

ToroYam_10Já me empolguei quando vi que a casa servia Frozen Margarita (16 dilmas). Aliás, atrativa e ampla também a carta de bebidas, deixando claro o lado balada que a casa possui. Minha nuvem, que poderia apenas ter uma corzinha para dar aquele toque especial, estava saborosíssima e durou praticamente a noite toda, tamanha a quantidade servida.

ToroYam_13No momento dos pedidos o garçom enfatizou os pratos que eram entrada e principal, separando-os inclusive no papel em que os anotava. Não foi essa, porém, a regra seguida no momento da entrega da comida. Muito embora todos os pratos servidos estivem muito gostosos e bem preparados, o mesmo não se pode dizer do atendimento, sendo necessário eu reiterar duas vezes um dos pedidos para recebê-lo, enquanto dois dos pedidos pelo amigo Daniel sequer foram trazidos.

ToroYam_08Enquanto eu recebia minha entrada – Takô Ussuzukuri: finas fatias de polvo regadas com azeite de oliva extra virgem, salpicadas com curry, cebolinha e massagô (20 dilmas) -, muito saborosa aliás e diferente dos polvos comumente servidos por aqui, Daniel aguardava pela chegada dos seus.

ToroYam_06A segunda entrada não chegou, mas o prato principal sim: Uramaki Salmão Smoked, consistente em salmão, aspargo, queijo camenbert envoltos em lâminas de salmão defumado com molho tarê e dip de tomate e coco (22 dilmas). Simplesmente sensacional. A mistura de texturas e sabores estava muito harmoniosa e, ainda que eu tenha problema com sushis muito grandes, esses não não foram um problema, muito embora as 8 unidades tenham praticamente enchido meu buchinho.

ToroYam_11Apenas após eu encerrar os meus dois pratos acima foi que o primeiro prato do Daniel chegou: combinado Torô Kikuna, com uramakis, nigiris e dyo (26 dilmas). Ou seja, as entradas por ele pedidas não foram trazidas naquele momento e já havia eu comido praticamente todos os meus pratos.

ToroYam_05Chegou, então, a primeira entrada do Daniel: nigirizushis Hotategai, consistentes em nigiris de vieira maçaricadas com flor de sal e raspas de limão siciliano (12 dilmas). Não provei, mas ele afirmou sem um dos melhores nigiris que já provou. O pedido inicial era de um par de Dyo Massagô (bolinhos de arroz envoltos em uma fatia de peixe branco cobertos com ovas de capelin, por 7 dilmas). Mas como não havia as ovas de capelin, foi feita a troca. Sem problema, não tivesse o aviso dessa falta sido informado cerca de 20 minutos após o pedido feito. Para compensar o lapso, um brinde de vieiras acompanhou o substituto.

ToroYam_02Junto com as vieiras veio a entrada quente: Yakitori (robatas de frango, cogumelos e legumes ao molho satay, por 12 dilmas). Trata-se de espetinhos de frango grelhado com cogumelos paris e aspargos, acompanhado de um molho com coentro, gengibre, molho shoyu, alho, limão e chilli. Igualmente muito saboroso.

ToroYam_01Muito embora o Daniel tenha desistido de seu último prato – que não foi feito, mas estava na conta (Uramaki de Foie Gras, por 25 dilmas) -, eu insisti na minha entrada quente: Shimeji Batayaki, consistente em shimeji refogado na manteiga com camarão ou polvo e gergelim (13 dilmas). E fiz bem, pois estava muito gostoso, quase me fazendo esquecer da demora excepcional para recebê-lo.

De um modo geral, o local vale a pena pela comida – a balada não conferi, pois não era dia quando lá estive -, bastante saborosa, mas o atendimento deixa muito a desejar, principalmente se considerarmos o fato de que no dia havia apenas algumas poucas mesas ocupadas. Precisa, sim, melhorar nesse ponto para garantir que eu volte. Porém, reitero que conhecer o local e apreciar sua culinária é válido.

ToroYam

Avenida Mauro Ramos, 1835, Centro, Florianópolis/SC
Telefone: (48) 4009-3303
Aberto diariamente, das 19h às 0h
Aceita cartões e possui sistema de valet

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s