Recanto dos Brunidores: para celebrar dias de sol

Recanto dos Brunidores

Sou uma garota do interior, por isso,  os dias de sol e calor eram celebrados com piscina e banhos de rio. Praias apenas nas férias, nas viagens em família. Talvez por isso minha predileção aos dois primeiros, que me remetem à infância e amigos de longa data. Por ironia do destino acabei mudando-me para uma uma cidade praiana que, ainda por cima, é uma ilha. O mar, portanto, é uma realidade diária, ainda que apenas para deleite dos olhos. Enquanto nos rios você geralmente desfruta da famosa máxima sombra e água fresca, as praias fazem da mistura sol, areia, guarda-solmultidão algo bastante assustador para mim, afastando a fascinação natural que o mar proporciona a todos. Por isso, quando em um final de semana, nos findos de fevereiro, fui convidada para conhecer o Recanto dos Brunidores pelo amigo Daniel, pude unir o útil ao agradável: ir à praia pela primeira vez no ano de 2013 – calando a boca dos que reclamam de morar em Florianópolis e nunca estar na praia – e provar as famosas iguarias do chef Nivaldo Souza.

Recanto dos Brunidores 14

O restaurante, localizado no Bairro Ingleses, requer uma pequena caminhada pela areia branca da praia para ser acessado. Aproveite esse momento, aliás, para tirar o calçado e refrescar os pés com a água do mar. Isso garantirá que o clima de relaxamento já tenha sido alcançado quando chegar ao local. Se você for de carro, siga pela estrada geral dos Ingleses – Estrada Dom João Becker, que termina na curva para o Santinho – e estacione por ali, próximo à Igreja. Já na praia, caminhe cerca de 10 minutos sentido Costão Sul, sendo o restaurante a última construção no local.

Recanto dos Brunidores 11

Recomendo a reserva prévia, principalmente em dias de sol e calor propícios ao passeio. Tivemos sorte de uma única mesa livre quando lá chegamos. De qualquer modo, o risco vale a pena, nem que seja pelo passeio e possibilidade de visita às ofícinas líticas que lá existem.

Recanto dos Brunidores 03

Essas oficinas eram locais onde os grupos pré-coloniais poliam instrumentos de pedra, em áreas de acesso a costões, na beira de rios e praias. Supõe-se que os objetos polidos fossem utilitários e que as oficinas estivessem associadas a sítios de habitação denominados sambaquis. A técnica de polimento era baseada na abrasão da pedra através de areia (agente abrasivo) e de água (agente diluente) sobre as rochas escolhidas como oficinas. Os tipos de rocha mais usados eram o diabásio, o diorito e o granito. As oficinas testemunham a ocupação primitiva da Ilha de Santa Catarina e podem ser apreciadas nas praias do Santinho, da Galheta, do Pântano do Sul, da Armação, da Joaquina, na Barra da Lagoa e nas Ilhas do Campeche e de Anhatomirim. (Fonte: Portal dos Ingleses)

Recanto dos Brunidores 12

O Recanto dos Brunidores não é apenas um restaurante cravado no meio da natureza. Desde sua criação o intuito sempre foi prezar pelos frutos da região (slow food). Ou seja, serve-se o peixe, o polvo, a ostra etc que estão acessíveis aqui e na época em que são possíveis de ser encontradas, valorizando o produtor e protegendo o meio ambiente da pesca predatória. Além disso, a casa conta com produção própria de vieiras e lagosta – pescadas artesalmente e mantidas em criatórios -, técnica iniciada com o antigo chef Narbal. As ostras, um dos aperitivos pedido, não estavam apenas frescas, mas visivelmente vivas, denotando todo o frescor e qualidade que nos aguardavam nos próximos pratos.

Recanto dos Brunidores 16

Comecei com uma porção de lulas à dorê: macias, crocância perfeita por fora, tempero simples que permitiu sentir as qualidades próprias do molusco e porção genenosa. Perfeita para abrir o apetite e acompanhar a vista deslumbrante do local.

Recanto dos Brunidores 05

Claro que a lula e as ostras não seriam suficientes para os quatro devoradores que se faziam presentes, sendo ainda pedidos um pastel de camarão e uma porção de bolinho de siri: impecáveis em cada detalhe.

IMG_6279

Os pratos principais foram a coroação do dia. Primeiro: camarões rosa com creme de abóbora gratinada. Simples, saboroso, camarões na medida certa e capaz de saciar a fomo desmedida dos comilões de plantão.

Recanto dos Brunidores 06

Segundo: garoupa e camarão grelhados com purê de taiá trufado. Arrancou suspiros de todos que o provaram.

Recanto dos Brunidores

Por fim, o meu prato queridinho: polvo crocante com batata aos murros. Posso dizer que polvo é uma das minhas carnes prediletas, tanto que fichinha carimbada nos meus posts. Este, em particular, entre os top 10 já provados.

Recanto dos Brunidores 09

Como diz a música: Não deixar que a vida passe em vão / Sem que eu possa errar também (sem que eu saiba o que fazer) / Não deixar que a vida passe sem que eu possa enlouquecer / Não deixar ninguém interferir / Não se anular, viver dias de sol.

A visita ao restaurante  é válida não apenas pelo ambiente, pela vista exuberante, pelo atendimento impecável, pelos pratos perfeitamente produzidos, mas também pela sensação de celebração aos dias de sol (ou de chuva, por que não?) e renovação das energias. Ainda que preferindo os rios ao mar, não posso deixar de reconhecer o prazer que esse reecontro dos meus pés com o mar proporcionou.

Preço por tudo isso? Cerca de 90 dilmas por cabeça, incluindo bebidas.

.

Recanto dos Brunidores

Costão Sul da Praia dos Ingleses do Rio Vermelho – Florianópolis/SC

Telefone: (48) 9972-2143

De terça à domingo, almoço (à partir das 12h) e jantar (à partir das 18h).

Apenas dinheiro.

Anúncios

4 thoughts on “Recanto dos Brunidores: para celebrar dias de sol

  1. Pingback: #Gastromalucos – Rosso Restro | Não vá se perder por aí

  2. Pingback: Bate Ponto e o novo cardápio Chef Narbal | Não vá se perder por aí

  3. Pingback: Minha Casa Container #Gastrosolidarios Uma ajuda para Marcos de Souza e sua família » Minha Casa Container

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s