#BlogagemColetiva Dia Mundial do Macarrão: como fazer massa caseira

O Daniel, um dos criadores do Comideria, teve a idéia de aproveitar o Dia Mundial do Macarrão para uma blogagem coletiva com os espécimes locais (Florianópolis). Meu blog não costuma ter esse foco (receitas), já que me dedico mais a falar do lugares onde como. Mas também o tema nunca foi tido por proibido. Assim, aceitei o desafio, optando por dar a dica de como fazer uma massa caseira, no caso, o pappardelle. A despeito de não ser um macarrão stricto sensu, é assim popularmente chamado. É que macarrão corresponderia apenas à massa alimentícia com formato específico: tubos curtos. Por essa razão, poderiam ser assim denominados apenas o penne e os cotovelos. Vamos aqui adotar o popular e considerar como macarrão qualquer tipo de massa, como o espaguete e seus congêneres, senão minha receita não cumpriria o fim a que se destina.


Como o Daniel, além de um grande amigo, é meu conviva, os jantares são comumente compartilhados e, portanto, os macarrões eleitos para os posts também o foram. Para facilitar, optamos por cozinhar no mesmo dia, aproveitando o mesmo molho (feito por ele) para ambas as massas: a dele um legítimo macarrão (penne) de massa seca; a minha uma massa caseira, grosseiramente cortada na faca, assemelhando-se o quanto possível a um pappardelle. A escolha dessa decorre, claro, não apenas da facilidade em seu preparo, como da desnecessidade de equipamentos específicos que outros tipos de massas requerem.

Enquanto a receita do molho você encontra no Comideria, aqui vou me ater ao preparo da massa que, de tão simples, vai te fazer abandonar as secas industrializadas. Afinal, muito mais saborosa.

A massa caseira consiste, basicamente, em dois ingredientes: farinha de trigo e ovo. Esta receita é para 1 (uma) pessoa faminta ou 2 (duas) com apetite normal.

Ingredientes:

1 (uma) xícara de farinha de trigo – cerca de 120g

1 ovo grande

Modo de preparo:

A primeira coisa a ser feita é peneirar a farinha. Com isso se consegue muito mais leveza à massa.

O segundo passo é adicionar o ovo. Se você não sabe como quebrá-lo, veja aqui.

Apesar de o sal ser um ingrediente que vai na água, é importante colocar algumas pitadas na massa. Sempre que possível, até para melhorar o sabor, os ingredientes devem ser orgânicos, principalmente o ovo.

Adicionados os ingredientes, cabe misturá-los com as pontas dos dedos. Caso a massa fique muito seca, acrescente mais um ovo (pequeno). Se, ao contrário, muito úmida, mais farinha.

Quando a massa atingir a consistência que permite ser trabalhada, retire-a do recipiente e sove em uma superfície plana, devidamente enfarinha para não grudar.

Chegando em um ponto de elasticidade – admitindo ser esticada sem despedaçar -, enrole a massa em um plástico filme e guarde-a na geladeira por cerca de 1 (uma) hora.

Após esse tempo, incia-se a etapa mais difícil. Se você não tiver uma máquina, pode usar um rolo de macarrão qualquer ou até uma garrafa de vidro vazia (de vinho, cereveja etc). Na segunda opção, no entanto, será necessário muito mais força física. A massa precisa ser esticada aos poucos, mesmo na máquina, e você só deve parar quando atingir a espessura de seu agrado e estando igual em toda sua extensão.

Finda essa etapa, dobre a massa em 3 ou 4 partes (para facilitar o corte equânime) e fatie-a na largura que preferir (segunda foto do post). Cozinhe-a em água salgada (você tem que sentir o sal ao provar a água) por cerca de 2 (dois) minutos – até subir, como ocorre com o nhoque.  Só resta, então acrescentar o molho de sua preferência (no dia, este).

Um agradecimento especial ao Guilherme, do Gastrobirra e meu Chef particular, cujas mãos estão na maioria das fotografias acima. Aliás, uma dica extra: a massa caseira fica ainda mais fácil quando você tem, assim como eu, alguém para fazê-la.

Vejam os demais posts dessa blogagem coletiva:

Comideria

Garfadas

Gastrobirra

Gastronomia e Outras Folias

Saboreando Floripa

Sabores com Fama

Tem Delícia na Cozinha

Anúncios

5 thoughts on “#BlogagemColetiva Dia Mundial do Macarrão: como fazer massa caseira

  1. Pingback: #BlogagemColetiva Páscoa: decoração também é importante | Não vá se perder por aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s