#Comida Prontas desculpas (@CafeComLetras)

Inseri o Café com Letras na categoria Comida, já que foi o que fiz lá: comi. Mas ele, com toda a certeza, não se resume a isso, muito menos ao Café que carrega no nome. Situado no badalado bairro Savassi, em Belo Horizonte/MG, trata-se de uma livraria que serve cafés, lanches, refeições e reúne uma galera enorme, principalmente no happy hour. Aliás, falar em Belo Horizonte é falar em happy hour. Contou-me um amigo que, em razão da grande leva de pessoas do interior que vieram trabalhar na Capital, muitas vezes sozinhas e sem amigos na região, acabavam passando nos bares ao final do expediente a fim de não amargarem a solidão de uma casa vazia.

O Café com Letras, criado em 1996, nasceu da idéia de harmonizar livros com um cardápio requintado. Um espaço para encontros culturais era apenas um sonho dos amigos de faculdade, Bruno, Cilza e Beto:

A realidade foi se configurando a partir do momento em que Beto passou em frente a uma casa na Rua Antônio de Albuquerque, no coração da Savassi, que oferecia o espaço perfeito para o empreendimento. Chegando em casa, convenceu Bruno e Cilza de que aquele era o lugar. Depois de algumas contas, os três decidiram alugar a casa. Nascia ali o CAFÉ COM LETRAS.

Hoje, dos três sócios, apenas Bruno Golgher continua à frente do negócio e o CAFÉ COM LETRAS não só é uma realidade, como mudou para sempre a vida cultural da cidade. Neste período, foram inúmeras as pessoas que ali passaram, os shows de jazz, as apresentações de djs, os lançamentos de livros, as mostras especiais de fotografia, design, as exposições de arte e os projetos especiais, que surgiram de uma forma despretensiosa, mas hoje ocupam lugar de destaque no dia-a-dia dos freqüentadores (Savassi Festival, Jazz Com Todas as Letras, Salão do Livro, Casa Ototoi e Sunset Djs, dentre outros), fazendo com que o CAFÉ inclusive criasse um braço de eventos, a Ototoi, que também atua como agência de djs.

Já há algum tempo que o Café com Letras deixou de ser simplesmente o ponto mais charmoso da Savassi e onde o bem-estar e o bom gosto convivem harmonicamente com comida, bebida, música, literatura e gente interessante. Na verdade, hoje e desde sempre, o Café primou pela cultura, promovendo encontros em torno de temas relacionados a ela, incentivando a produção dentro e fora de seus domínios e contribuindo para uma maior integração com a vida cultural da região e da cidade.

Descobri o Café por acaso, em minhas buscas pela internet por lugares interessantes e a serem visitados em Belo Horizonte. E, com toda certeza, foi ótimo ter me perdido um pouco para encontrar o lugar – em razão da minha total desorientação na cidade, claro -, pois do ambiente à refeição tudo pode ser muito bem avaliado.

Como todo lugar badalado, obviamente estava lotado. Mas, por sorte, mal chegamos e já encontramos a única mesa livre, na parte externa. A parte destinada aos livros – interna – divide seu charme com diversas mesinhas, contando o interior do Café ainda com outro espaço, destinado à música ao vivo.

Os banheiros (sim, bisbilhotei também o masculino) possuem uma porta imensa de metal, com um incomum símbolo masculino/feminino, que abre girando (não sei explicar direito, mas a parte presa da porta não fica no canto e sim no meio), que muito me agradou.

A parte externa do Café, repleta de mesinhas lotadas, conta com uma aquecedor para os dias mais frios, como era o caso. Infelizmente, melhora a vida apenas daqueles que estão mais próximos ao aparelho, já que o ambiente é realmente todo aberto (na rua mesmo). Mas, para um sulista acostumada com frios muitos mais intensos do que os 20° que faziam naquele dia, não houve maiores problemas.

Por outro lado, essa mesma temperatura foi suficiente para potencializar o resfriamento da refeição, que já não estava na temperatura ideal quando chegou à mesa. Esse fato, inclusive, foi alvo de reclamação naqueles cartões de sugestões que entregam aos clientes, mas que eu sempre duvido que leiam.

Mas não é que leram? E não apenas leram naquele mesmo dia, como, prontamente, pouquíssimas horas depois (provavelmente após o fim do expediente), recebi o seguinte e-mail:

Boa noite, Michele,
Peço desculpas por seu prato ter chegado frio à mesa.
Estamos passando por uma reestruturação na equipe da cozinha, e infelizmente, ainda estamos no caminho para deixá-la afinada.
Mas temos nos esforçado para que esses problemas sejam resolvidos o mais rápido possível.
Obrigada por responder nosso formulário com sua opinião.
Com ele podemos identificar mais facilmente nossas falhas e trabalhar para que não aconteçam novamente.
Atenciosamente,
Bianca França | Subgerente

Com toda certeza o Café me conquistou com tal atitude, principalmente por ter sido uma pronta resposta. Mas não apenas por conta disso. Os pratos – um salmão no shimeji, com risoto de agrião com bacon (32 pilas) e um ravioli aberto, de parma com creme camembert e shitake (27 pilas) – apesar de abaixo da temperatura adequada, estavam saborosíssimos. Com certeza não é qualquer refeição que consegue manter essa mesma característica quando fria.

Os preços, muito embora possam ter assustado nos pratos acima (o que está dentro dos parâmetros de qualquer Café aqui em Floripa), são bem mais atrativos no almoço, como se pode observar aqui. E o atendimento, além da atenção que puderam observar pelo e-mail acima, é igualmente ótimo no estabelecimento, como alegria da queridíssima garçonete Andréia.

Uma ótima pedida para quem é de Belo Horizonte ou esteja passando por lá, seja no famoso happy hour ou em qualquer outro horário do dia.

Café com Letras

Rua Antônio de Albuquerque, 781 – Savassi

(Entre as ruas Alagoas e Sergipe)

seg a qui: 12h à 0h; sex e sáb: 12h à 1h; dom: 17h às 23h

Telefone: (31) 3225-9973

Anúncios

One thought on “#Comida Prontas desculpas (@CafeComLetras)

  1. Pingback: #Cervejaria …uma paixão, não um produto… (@falkebier) « Não vá se perder por aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s